Home > Vida Country > Receitas Caipiras > Fogão a lenha é tradição no Brasil
Contato

Radar

Confeccionado em couro.

Mais fotos do modelo

Cury Western

Arizona II Confeccionado em pêlo e lã.

Mais fotos do modelo

Radar hat 20x

Copa quadrada

Mais fotos do modelo

Shantung

Mais fotos do modelo

Dallas Juta Social

Mais fotos do modelo

Ramenzoni Cavalgada

Pelo e lã

Mais fotos do modelo

Pralana Yankee Boss II

Mais fotos do modelo

Ramenzoni XXX

100% Pêlo de lebre

Mais fotos do modelo

Pralana "João Carreiro & Capataz"

Exclusivo chapéu da dupla João Carreiro & Capataz, produzido pela Pralana com levíssimo material importado.

Mais fotos do modelo

Chapéu Cangaceiro

Mais fotos do modelo

Fogão a lenha é tradição no Brasil PDF Imprimir E-mail

 

De que todo mundo gosta de uma boa comida não restam dúvidas. E é atrás de um sabor indescritível que muitas famílias e restaurantes tradicionais ainda optam por receitas feitas em um bom e antigo fogão a lenha. Todo o clima formado em torno deste objeto, favorece uma harmonia e um encantamento que proporciona às comidas e aos doces todo um preparo especial.

Tradição ainda em muitas regiões do Brasil, o "fogão a lenha", "fogão de lenha" ou "fogão caipira", teve sua origem há muitos anos atrás, nas próprias tribos indígenas, onde era feito um buraco no chão para atear o fogo e, posteriormente, uma proteção com pedras para se colocar as vasilhas de barro. Na época da escravidão, o fogão era utilizado em maior tamanho para a produção de comida em larga escala na senzala. Com o passar dos anos, esse utensílio doméstico, passou a ser um pouco mais aperfeiçoado, sendo feito tanto em alvenaria quanto em metal, utilizando a lenha ou o carvão vegetal, adicionados abaixo das chapas de ferro. Com a chegada da revolução industrial os fogões a lenha entraram em desuso, uma vez que passaram a produzir os fogões elétricos.

Devido à tradição de muitas famílias, principalmente nos interiores do Brasil e em muitas chácaras, os fogões a lenhas ainda permanecem na ativa, proporcionando uma comida com aroma e sabor diferenciados. As famílias que ainda utilizam esse artefato costumam fazer diferenciadas receitas, tais como, torresmo, galinhada, tutu, entre outras.

Dentre os dois mais famosos tipos de produção do fogão caipira, se encontram o de metal, que inclui um forno que também é aquecido com a lenha ou o carvão vegetal, esse artefato é mais elaborado que o fogão a lenha feito em alvenaria, que não tem forno e apenas utiliza uma grade de ferro para dar apoio as panelas de barro. Ambos os tipos soltam uma grande quantidade de fumaça o que pode chegar a fazer mal em algumas situações, pensando nisso algumas regiões realizaram pesquisas para se pensar em um tipo de fogão a lenha menos nocivo para a saúde humana, buscando alternativas de fogões que fizessem menos fumaça.

A construção de um bom fogão de lenha trará a oportunidade do preparo de comidas saborosas. Muitos restaurantes já optam por esse ele, o que lhes confere o reconhecimento de que produzem comidas gostosas e de qualidade.

Sendo assim, o tradicional fogão é, ainda, bastante presente nas áreas rurais e no interior, o que faz com que esse ele se mantenha vivo no cotidiano de muitas pessoas, reunindo famílias em torno das mesas para a degustação de comidas típicas da região, feitas em grandes panelas de barro com o arder de bons pedaços de lenha.

 

Publicado por Ingrid Santtos no Yahoo Notícias

 

 
Copyright © 2018. JR Chapéus e Calçados. Designed by Shape5.com